Volvo mais vendido no Brasil, XC60 chegará ao país mais caro

Utilitário esportivo revelado no Salão de Genebra será vendido a partir do início do segundo semestre
Volvo XC60 2018

Volvo XC60 2018 | Imagem: Divulgação

Mesmo no período em que teve uma atuação apagada no Brasil, a Volvo contou com um modelo que sempre a manteve viva por aqui, o XC60. O utilitário esportivo lançado no mercado mundial há 10 anos agradou em cheio no país e seu bom custo-benefício segurou uma clientela que praticamente não tinha outra opção dentro da marca sueca.

Mas esse cenário deve mudar no início do segundo semestre. É quando chegará ao país a segunda geração do XC60, que acabou de ser revelada no Salão de Genebra.

Mais potente, eficiente, sofisticado e seguro, o novo XC60 significará uma evolução nítida em relação ao atual. Espera-se muito que é visto hoje no irmão maior XC90, como uma dirigibilidade mais apurada e recursos eletrônicos de ponta, sobretudo na direção ativa – a Volvo quer que seus carros evoluam para a condução autônoma a ponto de não causarem mais mortes em 2020.

Esse salto de qualidade, no entanto, deve fazer com que o SUV mude de patamar em matéria de preço. Hoje é possível comprar um XC60 a gasolina por cerca de R$ 160 mil, valor próximo ao de concorrentes menores como o Audi Q3 ou o Mercedes-Benz GLA.

A nova geração, no entanto, deve ser vendida por valores acima de R$ 200 mil, conforme apurou o AUTOO. É, na verdade, o nicho onde o modelo concorre contra carros como o Land Rover Discovery Sport ou o BMW X3, por exemplo.

XC40 em 2018

Com a migração do XC60 para o nível de cima do mercado, haverá espaço para a maior novidade da Volvo nos últimos anos, o XC40. Utilitário esportivo compacto, o XC40 deve ser revelado este ano e começar a ser vendido em 2018, inclusive no Brasil. É ele que assumirá o papel de concorrente de Q3, X1 e GLA e deve contribuir para a meta de vender 800 mil carros por ano que a Volvo pretende alcançar em três anos.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!