VW confirma: é possível um SUV mais barato que T-Cross e T-Sport

Declaração foi realizada pelo presidente e CEO da marca para América Latina
Volkswagen Taigun 2012

Volkswagen Taigun 2012 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen demorou para entrar no segmento de SUVs compactos com um produto fabricado aqui, mas agora promete correr atrás do tempo em que deixou a concorrência avançar sobre o segmento e pretende investir fortemente em todos os segmentos de utilitários esportivos.

Cobrindo o Salão de Frankfurt, o Argentina Autoblog teve a oportunidade de entrevistar Pablo Di Si, presidente da Volkswagen para a América Latina, o qual deixou clara a meta da fabricante para nosso mercado. “Logo teremos o maior portfólio de SUVs do mercado. Além do T-Cross, do SUV médio derivado do projeto Tarek, do Tiguan Allspace e do Touareg, há poucos dias anunciamos no Brasil um investimento para fabricar o New Urban Coupé. E é possível que ainda exista mais um SUV com um preço mais acessível”, declarou o executivo ao site argentino.

Muito se fala sobre a possibilidade da Volkswagen trabalhar em um crossover derivado do Polo nacional, com alterações pontuais na carroceria e altura em relação ao solo mais elevada. Poderia ser um caminho similar ao que a Honda fez com o WR-V, por exemplo, modelo que compartilha toda estrutura com o Fit. Vamos acompanhar ao longo dos próximos meses se novas – e mais concretas – informações começam a surgir.

De acordo com Pablo Di Si, o nome definitivo do SUV médio que será fabricado na Argentina ainda não está definido e não necessariamente pode manter a designação Tarek que hoje batiza o projeto. Em relação ao chinês Tharu, o executivo acrescenta que o produto montado em nossa região terá “melhor qualidade de acabamento, equipamentos mais luxuosos e uma central multimídia com tela maior, a qual foi desenvolvida localmente”.

Sobre a central multimídia, tudo leva a crer que o derivado do projeto Tarek será equipado com o novo aparelho que a marca desenvolve no Brasil em conjunto com o projeto do New Urban Coupé.

Modelo bastante aguardado, rumores indicam que o New Urban Coupé deverá adotar o nome T-Sport, já registrado pela fabricante no país. Resta saber, em termos de preço, como a Volkswagen posicionará a novidade produzida em São Bernardo do Campo (SP), no caso com valores acima ou abaixo do T-Cross.

De qualquer forma, o mistério não vai demorar tanto assim para ser conhecido, uma vez que a Volkswagen confirmou a estreia do New Urban Coupé/T-Sport para o segundo trimestre de 2020, muito provavelmente por volta de maio do ano que vem. É um modelo que, pelas credenciais que deve ostentar, vale muito a pena a espera.

Por fim, Pablo Di Si também adiantou que o projeto da picape compacta-média Tarok, rival para a Fiat Toro, já está 80% concluído, mas o local de produção e data para seu início ainda não estão definidos. Na entrevista, o executivo mencionou que há espaço para a produção de mais um modelo na unidade de Pacheco (Argentina) ao lado do Tarek, o que deixa no ar a possibilidade.

A nova gama de automóveis elétricos da Volkswagen, identificada pelo nome ID, chegará também aos mercados da América Latina. “Talvez não tenhamos a gama ID completa por aqui devido a uma questão técnica. Os carros que são vendidos na Argentina (e demais países da região) recebem um tratamento chamado hard road, que contempla alterações na suspensão e maior altura em relação ao solo para adaptá-los às nossas condições de piso. Esta preparação, em um automóvel elétrico onde as baterias e os motores ficam mais próximos ao chão, será mais difícil de aplicar. Por isso, o mais provável é que o primeiro ID que chegue à América Latina seja um SUV, provavelmente baseado no conceito ID. Crozz”, conclui Pablo Di Si. 

Projeção de Kleber Silva acerca do futuro Volkswagen T-Sport
Projeção de Kleber Silva acerca do futuro Volkswagen T-Sport
Imagem: Kleber Silva

Assine a newsletter semanal do AUTOO!