Apesar do grande legado de robustez e excelência em seus projetos, a japonesa Subaru ainda é uma marca pouco difundida no Brasil, ficando restrita a um seleto grupo de admiradores da fabricante em especial por seus esportivos, tais como o WRX STI.

A marca, contudo, conta com uma linha que reúne vários modelos prontos para agradar quem busca um utilitário esportivo ou um crossover, dois tipos de modelos que estão no topo da preferência dos consumidores ao redor do mundo.

Hoje em dia no Brasil, o produto mais moderno da Subaru que chega ao nosso mercado é o XV, o qual já traz a avançada arquitetura modular global da fabricante e também estreia por aqui a tecnologia EyeSight, nome dado ao pacote de assistentes de condução que reúne o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo, alerta de saída de faixa, advertência de oscilação de faixa, detector de pontos cegos nos retrovisores, alerta de tráfego cruzado na traseira do veículo, entre outros.

No caso da Subaru, a fabricante optou por utilizar duas câmeras estéreo para realizar a captação das imagens de tudo o que se passa na frente carro e abastecer os softwares que gerenciam os assistentes de condução. A solução chega a ser um pouco diferente das demais marcas automotivas, que, em sua maioria, optam por radares e sensores para fazer essa leitora. A Subaru explica que a vantagem das duas câmeras simulam a visão do olho humano, portanto trabalha melhor questões como a profundidade dos objetos. Em um circuito de avaliação preparado pela marca, o Autoo verificou na prática a excelente atuação do sistema, o qual justifica cada centavo investido nele pelo notável ganho em segurança que proporciona. 

Por falar em valores, o Subaru XV 2019 será oferecido em três pacotes no Brasil. Com o EyeSight, o Subaru XV custa R$ 142.000, porém, além do sistema, também oferece revestimento interno de couro, teto solar, uma nova central multimídia da marca com suporte ao Apple CarPlay e ao Android Auto, faróis direcionais em LED, ar-condicionado automático digital com 2 zonas, chave presencial, controles de tração e estabilidade, airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos, rodas de liga leve aro 18”, entre outros recursos. Além dessa opção, o Subaru XV desembarca no Brasil nas configurações S sem o sistema EyeSight, o que reduz o preço para R$ 135.000, e a opção de entrada L, que é tabelada em R$ 123.900.

O conjunto mecânico do Subaru XV 2019 é único para suas três versões no Brasil, e é aqui que começamos a analisar alguns pontos que justificam o preço mais elevado em relação aos demais SUVs compactos do mercado.

 
 
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
Subaru XV 2019
Subaru XV 2019
 
 

O Subaru XV traz em sua nova geração um motor 2.0 16V com injeção direta e cilindros contrapostos, uma peculiaridade dos projetos da marca, a qual é uma grande entusiasta de propulsores Boxer pelas várias vantagens que esse tipo de configuração proporciona, sendo uma das mais importantes o rebaixamento do centro de gravidade do veículo e a consequente melhora no comportamento dinâmico do carro, além de ganhos na redução de vibrações e uma distribuição de peso mais balanceada.

Trabalhando em conjunto com um câmbio automático CVT que traz 7 marchas pré-definidas para quem deseja realizar trocas manuais em alguns momentos, os 156 cv e 20 kgfm produzidos pelo motor 2.0 conseguem levar o XV de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e a até 194 km/h de velocidade máxima, números aceitáveis dentro da proposta do XV. O propulsor, é bom que se diga, só aceita gasolina.

O principal atributo que diferencia o Subaru XV dos demais concorrentes sem dúvida reside em seu sistema de tração integral, algo raro dentro da categoria e um item de série no modelo independente da versão. No caso do Subaru XV, a marca adota sua tradicional tração integral simétrica, a qual usa componentes balanceados em termos de posicionamento e tamanho, o que garante um funcionamento do conjunto ainda mais preciso e colabora para o melhor comportamento dinâmico do modelo como um todo graças também à distribuição de peso bem equilibrada. Temos no Subaru XV um conjunto de suspensão independente nas quatro rodas bem alinhado com a premissa de ótima dirigibilidade que a marca busca em seus automóveis.  

Você até encontra SUVs compactos com sistema de tração integral, como o Jeep Renegade Longitude turbodiesel (R$ 127.990), o Ford EcoSport Storm 2.0 flex (R$ 108.390) e os Suzuki S-Cross 4Style-S (R$ 130.990) e Vitara 4Style (R$ 123.990), mas nenhum conta com um sistema tão sofisticado como o Subaru XV pensando no ganho nas respostas ao volante.

Na prática, o Subaru XV mostra todo esse cuidado de engenharia com um carro extremamente preciso e neutro nas reações, com um comportamento dinâmico raramente encontrado em um modelo de preço semelhante. Ainda para o motorista, conta pontos a ótima ergonomia e os comandos precisamente calculados para o volante, alavanca do câmbio e pedais, o que colabora para uma condução mais envolvente. O Subaru XV é o típico modelo em que um pouco mais de potência e torque fariam muito bem para explorar ainda mais o bom conjunto que lhe é peculiar.

Com 4,46 m de comprimento, 1,80 m de largura e um generoso entre-eixos de 2,66 m, o Subaru XV entrega bom espaço interno para 4 adultos. O túnel central traseiro um pouco elevado demais para abrigar o sistema de tração integral acaba retirando parte do espaço para as pernas de um terceiro ocupante no banco traseiro, porém uma criança se acomoda no local sem muitos problemas. O porta-malas com 380 litros de capacidade não é dos maiores do segmento, mas supera o de EcoSport, Renegade, Citroën C4 Cactus, entre outros, podendo atender o uso familiar.

Não espere muito luxo do acabamento interno do XV, porém a qualidade de montagem da cabine e o silêncio a bordo deixam poucas margens para críticas. Como faz parte da escola japonesa, o cuidado vai muito mais para a construção do habitáculo do que para uma escolha de materiais mais trabalhada. De qualquer forma, o revestimento de couro para os bancos e painéis de porta é de boa qualidade e o teto solar confere um aspecto mais requintado para a cabine do modelo.

Logo, se você está de olho em um SUV compacto, deseja ou não abre mão de um bom sistema de tração integral e não quer perder nada em termos de comportamento dinâmico, vale a pena você conhecer mais de perto o Subaru XV. Ele não é barato, mas pensando na segurança, robustez e confiabilidade, ele vai lhe proporcionar um bom retorno pelo valor gasto.

 

Ficha técnica

Subaru XV 2019 S EyeSight 2.0 16V gasolina automático integral 4p
Categoria Hatch médio
Vendas em 2017 183 unidades
Motor 4 cilindros, 1995 cm³
Potência 156 cv a 6000 rpm (gasolina)
Torque 20 kgfm a 4000 rpm
Dimensões Comprimento 4,465 m, largura 1,8 m, altura 1,615 m, entreeixos 2,665 m
Peso em ordem de marcha 1465 kg
Tanque de combustível 63 litros
Porta-malas 380 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/