CAOA Chery prepara 6 novidades para 2020, incluindo facelift de Tiggo 5X e Tiggo 7

Fabricante nacional promete ano agitado e com boas novidades; saiba mais
CAOA Chery Tiggo 8 2019

CAOA Chery Tiggo 8 2019 | Imagem: Divulgação

A CAOA Chery promoveu nesta terça-feira (10) um encontro com a imprensa especializada nacional para apresentar um resumo de suas atividades ao longo de 2019 e perspectivas para o novo ano que se inicia em breve.

Segundo anunciado pelo empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, presidente do conselho administrativo da fabricante nacional, estão previstas seis novidades da CAOA Chery ao longo de 2020, com destaque para o facelift dos modelos Tiggo 5X e Tiggo 7. O fundador da CAOA não especificou quando a atualização da dupla chegará ao mercado.

De acordo com os demais executivos presentes ao evento, a CAOA Chery ainda terá ao menos mais um modelo novo para sua fábrica localizada em Jacareí (SP) bem como outro automóvel, também até o momento inédito em sua gama, destinado para a planta de Anápolis (GO).

Uma das novidades certamente deverá ser o SUV grande Tiggo 8, que oferece capacidade para sete passageiros e deverá se juntar aos já nacionalizados Tiggo 5X e Tiggo 7, tornando ainda mais completa a gama de utilitários esportivos da marca. É muito provável que caberá ao Tiggo 8 a primazia de estrear no Brasil a nova família de motores que a Chery desenvolveu na China. O modelo deverá trazer sob o capô um eficiente 1.6 turbo com injeção direta e potência na casa dos 200 cv.

Outra possível novidade, esta cotada para Jacareí (SP), será a inclusão do sedan médio-grande Arrizo 6 nas linhas de montagem. De qualquer forma, segundo Marcio Alfonso, CEO da CAOA Chery, o modelo que será fabricado na unidade paulista será lançado ao longo do primeiro semestre do ano que vem, portanto a espera não será longa. Resta saber, contudo, quais serão as outras duas novidades que fecham a conta de lançamentos da CAOA Chery para o ano que vem. Até mesmo a entrada da marca no segmento de picapes não está descartada. A conferir. 

Em paralelo, os responsáveis pela CAOA Chery no Brasil não cogitam a volta ao segmento de carros subcompactos após o término da produção do QQ no Brasil, explicando ao Autoo que a estratégia da marca a partir de agora é focar em segmentos de maior porte e utilitários esportivos.

A empresa ainda tem a meta ousada de alcançar 50.000 unidades vendidas em 2020 (tópico que abordaremos com mais profundidade aqui no site em breve) e espera alcançar no próximo ano 142 concessionárias operando no país. Trata-se de um notável aumento se levarmos em conta que a CAOA Chery contava com somente 25 pontos de venda em março de 2018.

Por fim, a fabricante nacional espera ampliar sua participação em vendas diretas aproveitando iniciativas como a criação da CAOA Rent a Car, serviço de locação que começa a operar em breve, e pode considerar a criação de versões destinadas ao público PcD de modelos como o Tiggo 5X, desde que elas se mostrem viáveis comercialmente. Atualmente somente o Tiggo 2 pode ser adquirido na compra com isenção com o abatimento dos principais tributos por respeitar o teto de R$ 70.000 também nas versões automáticas.

Vamos acompanhar de perto os próximos passos da CAOA Chery no Brasil e seguiremos reportando aqui no Autoo. Acompanhe!

SUV compacto recebe novos faróis, grade frontal e para-choque dianteiro
Com novos faróis, grade frontal e para-choque dianteiro: facelift do CAOA Chery Tiggo 5X estreia em 2020 no Brasil
Imagem: Reprodução internet

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!