Com facelift previsto para 2021, Fiat Toro deve ser um dos primeiros modelos da marca a receber motor turbo

Picape compacta-média de sucesso vai ganhar aprimoramentos estéticos e mecânicos
Proposta de facelift para a Fiat Toro sugerida por Kleber Silva

Proposta de facelift para a Fiat Toro sugerida por Kleber Silva | Imagem: Kleber Silva

Modelo que obteve excelente aceitação no mercado brasileiro graças ao design arrojado e a concepção ainda singular dentro da categoria de veículos utilitários, a Fiat Toro deverá estrear seu primeiro facelift no ano que vem trazendo boas novidades.

Na parte estética, como nos antecipam as projeções de Kleber Silva, a picape deverá contar com elementos de estilo que remetem ao conceito Fastback, tornando a dianteira mais arrojada. A parte frontal deverá responder por grande parte das evoluções da picape, sendo que na lateral os destaques devem ficar por conta de novos desenhos para as rodas, enquanto a parte traseira da nova Toro pode ganhar evoluções nas lentes e no conjunto de luzes das lanternas.

Por dentro, a Toro 2022 pode ser beneficiada por aprimoramentos na central multimídia. O aparelho deve ser o mesmo que estreou na Strada 2021, oferecendo suporte aos softwares de espelhamento Apple CarPlay e Android Auto dispensando o uso de cabos, entre outras melhorias.

Como já foi anunciado pela FCA, os novos motores sobrealimentados do conglomerado começam a ser produzidos no fim deste ano e passam a figurar nos modelos nacionais de Fiat e Jeep nos meses subsequentes. É muito provável, com isso, que a nova Toro seja a responsável por inaugurar esses propulsores no mercado ou figurar como um dos primeiros modelos da empresa a receber a novidade sob o capô.

Os motores GSE turbo serão oferecidos nas configurações 1.0 e 1.3 e também beneficiados por recursos como a injeção direta de combustível e a geração mais recente do sistema MultiAir, nome dado pela FCA ao seu comando variável no tempo de abertura bem como no curso das válvulas, um aliado importante para aprimorar ainda mais a eficiência desses propulsores.

Segundo informações que correm nos bastidores, enquanto a potência do 1.0 turbo deverá gravitar nos 120 cv, o 1.3 turbo pode alcançar os 180 cv e deverá ser o escolhido para estrear na Toro, até mesmo pelo fato de oferecer maior torque (estimado em algo na faixa de 25 kgfm) e ter uma proposta coerente com um veículo de maior capacidade de carga como é o caso da picape. Ainda sem concorrentes diretos no mercado, a Toro figura como uma das picapes de maior sucesso comercial no país, só ficando atrás da prima Strada em número de vendas.  

Proposta de facelift para a Fiat Toro sugerida por Kleber Silva
Proposta de facelift para a Fiat Toro sugerida por Kleber Silva
Imagem: Kleber Silva

Assine a newsletter semanal do AUTOO!