Se existe uma novela hoje em dia na gama Renault ela diz respeito à importação do Koleos ao Brasil. O SUV médio chegou até mesmo a ser anunciado para estrear em nosso mercado em 2017, mas até agora nada de encontrarmos o modelo por aqui.

Mas uma notícia divulgada hoje pela Renault na Europa nos faz permite entender algumas das razões para essa demora tão grande da marca em lançar o Koleos por aqui. A Renault divulgou nesta quinta-feira (6) um facelift de meio-ciclo para a segunda geração do modelo, atualização que estreia a linha 2020 do SUV por lá.

A Renault nunca escondeu que aguardava as definições do Rota 2030 para definir sua estratégia de médio prazo para o mercado brasileiro e, com a demora do governo em apresentar o novo regime automotivo, de fato não faria mais sentido para a marca lançar um modelo por aqui que seria rapidamente modificado. A estreia dos aprimoramentos no Koleos nesta semana certamente abrirão caminho para que a Renault possa considerar, agora de uma forma mais concreta, a importação do modelo ao Brasil. O Rota 2030 também já foi implantado e agora não restam mais dúvidas sobre as regras que vão reger a indústria automotiva nos próximos anos.

Em seu facelift, o Renault Koleos 2020 traz como novidades a grade dianteira revista, com visual mais destacado, skid plates nos para-choques, mais uso de cromados no acabamento, faróis de LED, lanternas com efeito 3D nas lentes e um brake light de maior tamanho. 

Por dentro, as novidades do SUV médio ficam por conta de novos insertos no painel, o uso de materiais mais nobres na cabine, encosto do banco traseiro com possibilidade de reclinar em dois níveis e a integração com o sistema Apple CarPlay para a central multimídia R-Link2 em suas opções de tela com 7” ou 8,7” dependendo da versão do modelo.

Ponto positivo é que o Koleos 2020 também recebe o sistema de alerta de colisão com frenagem automática de emergência, um recurso importante de olho na segurança.

A Renault vai iniciar as vendas do novo Koleos na Europa em julho, com a entrega das primeiras unidades em outubro. Logo, caso decida finalmente pela importação do Koleos ao Brasil, a Renault deverá lançá-lo aqui muito provavelmente apenas no começo de 2020. Por aqui, o modelo seria um rival em especial do Peugeot 3008, bem como do Chevrolet Equinox, Volkswagen Tiguan Allspace, entre outros. 

Procurada pelo Autoo para comentar o assunto, a Renault declarou que "em momentos de instabilidade de moeda, viabilizar projetos de carros importados fica mais difícil".    

 

 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/