Com o UX, Lexus vai para a briga com BMW X1, Volvo XC40 e cia.

Novo SUV compacto da marca foi um dos destaques do Salão de Genebra
Lexus UX 2019

Lexus UX 2019 | Imagem: Divulgação

Em um salão com poucos destaques, no cada vez mais badalado mundo dos SUVs quem brilhou em Genebra neste ano foi o inédito Lexus UX.

O modelo estreia uma nova plataforma dentro da linha Lexus, no caso a GA-C (Global Architecture – Compact) e chega para disputar mercado com modelos como o Mercedes-Benz GLA, BMW X1, Audi Q3 e o também recente Volvo XC40. O segmento de SUVs compactos também está ganhando cada vez mais força no segmento de luxo, portanto é natural que as marcas com este tipo de segmentação também se preparem para oferecer alternativas dentro da categoria.

Procurada pelo Autoo, a Lexus não confirma se o UX chegará ao Brasil, porém, como todos os seus concorrentes são vendidos aqui, é praticamente certo que ele deverá desembarcar por aqui ao longo de 2019. A produção do UX começará apenas no último trimestre deste ano.

Além do visual exótico e arrojado que caracteriza outro SUV da marca, no caso o NX, o compacto UX promete se diferenciar pelo conjunto mecânico pensado para máxima eficiência.

O SUV de entrada da Lexus terá como opção mais acessível a configuração UX 200, que conta com motor 2.0 de 170 cv dotado de injeção direta, bomba de óleo e sistema de resfriamente variável, dentre outros recursos. O UX também vai estrear uma nova caixa automática CVT dentro da gama Lexus, com um sistema de “troca de marchas diretas”. Segundo a Lexus explica, “um CVT convencional usa duas polias, conectadas por uma correia, que podem mudar seu raio perfeitamente e, assim, alterar a relação de transmissão efetiva, sem qualquer “efeito degrau”. O novo câmbio CVT usa uma caixa de marcha adicional para arranque a partir de uma parada, dando ao UX uma sensação de aceleração mais rápida e linear. Como as engrenagens reduzem a necessidade do mecanismo de polias e correia do câmbio CVT ser usado em baixas rotações, a propagação da relação do CVT pode ser dedicada ao maior alcance, maximizando a eficiência”. Em outras palavras, trata-se da estreia da nova transmissão anunciada recentemente pela Toyota que você conferiu aqui no Autoo

Uma opção ainda mais interessante será o UX 250h, este dotado de um conjunto propulsor híbrido com um motor a gasolina e outro elétrico resultando em 178 cv de potência combinada. O UX 250h também será beneficiado pelo novo sistema “E-Four AWD”, que, ao posicionar o motor elétrico no eixo traseiro, confere tração integral ao SUV nessa versão. “A distribuição de torque entre os eixos dianteiro e traseiro é otimizada automaticamente ao acelerar, fazer curvas ou dirigir em superfícies escorregadias. Quando uma perda de atrito é detectada na roda traseira, a força direcionada para a traseira é aumentada para cerca de 80%, a velocidades de até 70 km/h, contribuindo para manter a estabilidade”, explica a Lexus.

Tanto o UX 200 como o UX 250h poderão receber o pacote F Sport de orientação esportiva. O conjunto inclui um acerto exclusivo da suspensão, com molas específicas e barras estabilizadoras, além de amortecedores traseiros mais rígidos. O UX F Sport trará um recurso interessante, no caso uma versão adaptada do Adaptive Variable Suspension (AVS) que estreou no cupê LC. O sistema aumenta a força de amortecimento para minimizar a inclinação em curvas ou mudanças de pista e reduz a força de amortecimento em linha reta. Visualmente, o aprimoramento no visual fica por conta de luzes de neblina com molduras cromadas em forma de L e a grade dianteira exclusiva, para-choque traseiro também com design próprio da versão, rodas de liga leve aro 18” e detalhes pretos nas molduras dianteira e traseira.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!