Dodge Charger SRT Hellcat é o sedã mais rápido do mundo

Modelo esportivo vem equipado com um motor V8 capaz de entregar até 716 cv

Dodge Charger SRT Hellcat | Imagem: Divulgação

Depois de surpreender com o Challenger SRT Hellcat, a Dodge mostrou que pode mais com o novo Charger SRT Hellcat, apresentado de forma oficial nessa quarta-feira (13). Com o próprio nome sugere, trata-se da versão mais esportiva disponível na linha. De acordo com a montadora norte-americana, a nova variante faz do Charger o sedã mais rápido e potente do mundo.

O Hellcat vem equipado com um motor HEMI V8 de 6.2 litros, capaz de entregar 716 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e pesados 89,8 kgfm de torque, disponível a 4.400 rotações, sendo o motor de oito cilindros mais potente já produzido pelo Grupo Chrysler, título que era até então do bloco que equipa o Challenger topo de linha. Junto a ele está a transmissão automática TorqueFlite 8HP90 de oito velocidades. Com esse conjunto, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos e atinge velocidade máxima de 328 km/h.

Veja mais: Dodge Charger em versão aos 100 anos da marca chega ao Brasil

Além disso, o esportivo traz freios Brembo de seis pistões com discos de 390 milímetros nas rodas dianteiras, o maior pacote de freio já oferecido em um modelo Chrysler. Na traseira, há quatro pinças. As rodas são de 20 polegadas e calçadas com pneus 275/40ZR20 Pirelli P Zero de alto desempenho.

Há ainda um "Modo de Avanço", que altera o comportamento do motor, da transmissão, dos paddle shifters, da tração e da suspensão. O sistema oferece cinco modos diferentes: Custom (permite ao condutor personalizar o desempenho do veículo), Sport (oferece maior capacidade de desempenho sobre o modo padrão), Track (fornece capacidade máxima de desempenho do veículo em pistas), Padrão (ativado automaticamente quando o carro entra em funcionamento) e Eco (maximiza a economia de combustível). O Modo de Avanço é controlado através do sistema Uconnect.

No visual, há uma nova grade dianteira ladeada por faróis de LED – dando uma cara ainda mais agressiva ao Dodge Charger –, para-choques redesenhados, capô de alumínio com extratores de calor e ingestão de ar frio, spoiler traseiro, entre outros. Por dentro, há volante com base achatada, novos bancos revestidos em couro Nappa e Alcântara com aquecimento e ventilação para os dianteiros e apenas aquecimento para os traseiros, sistema de som da Harman Kardon, sistema de entretenimento com tela de 8,4 polegadas, etc.

E assim como o muscle-car, o Charger SRT Hellcat traz duas chaves, uma vermelha (que oferece toda a potência e torque do motor do modelo) e outra preta (que limita o motorista para dirigir com um desempenho mais reduzido).

A produção do Dodge Charger SRT Hellcat terá início apenas no primeiro semestre do ano que vem. Os preços serão divulgados mais próximo do lançamento no mercado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!