Dodge deixa Challenger vibrante para o SEMA Show

Muscle car recebe customização com abertura no capô para resfriamento do motor

Modelo está em evento de tunning em Las Vegas, Estados Unidos | Imagem: Divulgação

A Dodge, junto com a Mopar, customizadora de automóveis do grupo Chrysler, deixaram o Challenger ainda mais radical. A versão, batizada de R/T Shaker, foi apresentado no SEMA Show, evento de customização que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O grande destaque do carro é a entrada de ar saltando do capô (esse item se chama browler). A modificação permite a entrada de mais ar frio no propulsor. O direcionador de ar ainda foi pintado de preto fosco e treme junto com as vibrações do motor, de maneira perceptível também para quem está do lado de fora do veículo.

Mas a marca norte-americana não se deu por satisfeita e mudou o carrão ainda mais. O Dodge Challenger recebeu pintura especial com faixas na cor preta e aerofólio pintado no mesmo tom. O Shaker também apresenta enormes rodas aro 20" com design exclusivo calçadas em pneus de alta performance.

O Dodge Challenger R/T Shaker traz, sob o capô, o bloco 5.7 litros HEMI V8 capaz de gerar 55,5 kgfm de torque (a potência em cavalos não foi revelada). O propulsor teve alguns poucos itens retrabalhados, como freios e suspensão.

Veja também: Grand Cherokee e 300C são destaques da Chrysler no SEMA

O interior do muscle car também apresenta novidades: logo Shaker bordado nos bancos, volante de três raios com a base achatada e bancos esportivos revestidos em couro Nappa.

A Dodge afirmou que vai colocar o Challenger R/T Shaker no mercado. O modelo será comercializado, nos Estados Unidos, por U$ 36.996, cerca de R$ 85 mil reais. Uma pena a Dodge não vender esse carrão no Brasil...