Fiat será marca apenas de carros elétricos: como fica o Brasil?

Principal executivo da marca no mundo anunciou a nova estratégia da fabricante
Fiat Concept Centoventi

Fiat Concept Centoventi | Imagem: Divulgação

Seguindo as demais fabricantes na guinada rumo à eletrificação, a Fiat também confirmou que vai oferecer apenas veículos com propulsão limpa em um futuro próximo.

Em entrevista recente, o atual CEO da marca, Olivier François, revelou que entre 2025 e 2030 a Fiat começará uma migração para tornar o seu portfólio de produtos totalmente com propulsão elétrica.

Entre 2025 e 2030 nossa linha de produtos se tornará gradualmente apenas elétrica. Será uma mudança radical para a Fiat. A decisão de lançar o novo 500 elétrico - e somente elétrico - foi tomada antes da pandemia da Covid-19. Mesmo naquela época nós já estávamos cientes de que o mundo não poderia aceitar outros compromissos. Fomos lembrados da urgência de agir, de fazer algo pelo planeta Terra”, declarou o executivo.

Consultada pelo AUTOO, a Fiat informou que, até o momento, não há uma diretriz da marca sobre a eletrificação do portfólio envolvendo o mercado brasileiro de forma específica. Vale destacar, contudo, que estratégias globais das montadoras tendem a ser replicadas em todos os locais onde a empresa atua. No caso da GM, por exemplo, o Brasil também será impactado pela diretriz da empresa de vender somente veículos com emissão zero a partir de 2040

Segundo as informações preliminares vindas da Europa, o plano da Fiat por lá envolve romper algumas barreiras que ainda impedem o avanço da eletrificação nos países da região, entre eles a infraestrutura para recarga. Outro ponto, assim como Volkswagen e GM estão investindo, diz respeito ao avanço na tecnologia de baterias, com o objetivo de torná-las mais baratas. Dessa forma, os preços dos carros elétricos devem reduzir consideravelmente em um horizonte de médio prazo, trazendo os seus valores para o mesmo patamar de um carro a combustão convencional.

Além da nova geração do 500 completamente elétrica, vale destacar o interessante conceito Centoventi, que a Fiat revelou em 2019 e pode antecipar um futuro modelo 100% elétrico de aplicação urbana. A proposta do estudo é de um modelo com preço acessível e que pode ser amplamente configurável, inclusive do ponto de vista da capacidade da bateria. Com isso, o futuro proprietário poderia escolher o modelo de acordo com seu perfil e necessidade de uso.

A princípio a Fiat poderia desenvolver o produto final baseado no Centoventi na mesma plataforma para veículos compactos que sustenta o projeto do novo 500, porém, com a fusão que resultou na Stellantis, agora é mais provável que os futuros elétricos da Fiat sejam baseados na plataforma modular STLA que já é adotada no Peugeot e208 e no Opel/Vauxhall Corsa-e.

Fiat Concept Centoventi
Fiat Concept Centoventi
Imagem: Divulgação
Tags