Ford Territory já passa por recall na Argentina

SUV importado da China pode apresentar defeito não previsto e marca pede aos proprietários que efetuem o reparo
Ford Territory 2021

Ford Territory 2021 | Imagem: Divulgação

O Ford Territory foi lançado no Brasil em agosto do ano passado. Na Argentina, o SUV chegou praticamente ao mesmo tempo. Nos dos países, o modelo fabricado na China gerou incertezas sobre a sua qualidade, mas, até agora, nada de grave foi registrado. Porém, no país vizinho, a marca está convocando os proprietários para reparos.

O anúncio do “recall” ocorreu por meio do aplicativo Ford Pass, direcionado a proprietários de modelos da marca por lá. O aviso dizia que “nos veículos afetados, devido a uma variação no processo de trabalho do catalisador, produzem-se alterações no tratamento dos gases de escape. Isso pode acarretar em um aumento no nível de emissões de gases de escape além do previsto”. 

Até o momento, a Ford do Brasil ainda não se pronunciou a respeito, nem se o Territory vendido por aqui também passará pelo mesmo recall do catalisador. No entanto, vale lembrar que os modelos vendidos no mercado nacional e no argentino são praticamente idênticos. Eles são fabricados na China pela JMC (Jiangling Motor Corporation) para exportação. Na Ásia, o SUV é vendido como Yusheng S330.

O Ford Territory é oferecido no Brasil nas versões SEL e Titanium. Os preços, respectivamente, são R$ 179.900 e R$ 197.900. Ambas compartilham do mesmo conjunto mecânico: um motor 1.5 turbo a gasolina com injeção direta capaz de entregar 150 cv e 22,9 kgfm de torque. Ele trabalha sempre com o câmbio automático CVT que simula 8 marchas e tem tração dianteira apenas.

Ford Territory 2021
Ford Territory 2021
Imagem: Divulgação