Land Rover prepara um inédito SUV de entrada para 2022

Novidade deverá ter opções apenas com tração dianteira e estreia dentro de dois anos, aponta mídia inglesa
Land Rover Defender 2020

Land Rover Defender 2020 | Imagem: Divulgação

Que está longe de ser um trabalho fácil desenvolver uma releitura moderna de um carro simbólico como é o caso do Land Rover Defender isso todo mundo imagina. Adaptá-lo aos novos tempos, contudo, exige uma boa dose de planejamento e até coragem caso a ideia seja seguir por caminhos diferentes da proposta original do modelo.

Convenhamos que os mais puristas têm pouco - ou nada - a reclamar da nova geração do Defender, que preservou todo o enfoque do modelo no uso off-road com um saudável ganho no conforto e na eletrônica embarcada.

O que pode ser polêmico, entretanto, são os próximos passos que a Land Rover pretende seguir tomando como base o modelo original.

Segundo os britânicos da What Car? reportam, por volta de 2022 está nos planos da Land Rover colocar no mercado um modelo com estilo muito próximo ao do novo Defender, porém com uma embalagem muito menor, por assim dizer.

Apelidado de “baby Defender”, alguns atributos técnicos da novidade podem ferir o coração dos mais puristas. De acordo com a versão digital da revista inglesa, o SUV compacto seria construído sobre uma variante menor e mais simples da atual plataforma modular de alumínio da marca, que descartaria até mesmo o sistema de tração integral para as versões de acesso ao modelo. 

A ideia seria trabalhar um SUV de orientação bem mais urbana, com um tamanho que facilite o deslocamento por vias mais estreitas e que tenha elevada eficiência energética. Para tanto estariam incluídas aí opções de motorização como um inédito 1.5 tricilíndrico turbo dentro da gama Land Rover, além de conjuntos propulsores híbridos plugáveis que entreguem um bom alcance em modo elétrico. Para preservar a tradição e história da Land Rover envolvendo utilitários esportivos, variantes com tração integral estariam nos planos do modelo para suas configurações mais caras. 

A tendência é que esse futuro SUV compacto de entrada da Land Rover custe bem menos do que o Defender e até mesmo o atual Discovery Sport. De acordo com a What Car?, a Land Rover pode trabalhar com uma faixa de preço na casa de 25 mil libras, algo por volta de R$ 180 mil considerando o elevado valor da moeda inglesa hoje em dia. De qualquer forma, é um valor bem mais em conta em relação aos R$ 400 mil praticados na nova geração do Defender no Brasil.

Para evitar qualquer ligação com o Defender, é possível que a marca adote o nome Land Rover 80 para o futuro SUV compacto inédito, ou até mesmo Land Rover Defender 80, defendem alguns. De acordo com a What Car?, pode ser até que a designação para o modelo mais acessível da Land Rover possa se tornar uma submarca de modelos mais baratos da fabricante. Seria algo diametralmente oposto, portanto, ao posicionamento da Range Rover dentro da segmentação de luxo. De qualquer forma, temos no futuro SUV mais acessível da Land Rover um importante projeto para ficarmos de olho, em especial porque certamente ele deverá ser comercializado em nosso país. 

Acima o Land Rover Defender 90 em sua nova geração
Acima o Land Rover Defender 90 em sua nova geração
Imagem: Divulgação