O grupo PSA está decidido a recuperar o espaço perdido nos últimos anos e uma das frentes de batalha mais importantes é o mercado de utilitários. Para quem não sabe, a Citroën é muito forte no segmento na Europa, com o Berlingo como vice-líder entre as vans pequenas, lá chamadas de LAV, Lazy Activity Vehicles, cuja tradução literal diz pouco em português. Melhor chamá-los de veículos de trabalho e lazer.

Pois o Berlingo e seu primeiro Partner, da Peugeot, vão ganhar uma nova geração baseada na plataforma EMP2. A primeira imagem deles foi revelada nesta semana pela PSA, juntamente com o Opel Combo, agora que a marca alemã e seu braço inglês Vauxhall passaram a fazer parte do grupo.

As imagens, como é possível constatar, não mostram os veículos por inteiro, mas já adiantam que na Citroën a inspiração foi o novo Aircross enquanto na Peugeot a parte frontal parece mais original, com um filete de LEDs cortando o conjunto óptico – no caso da Opel, o Combo é uma mudança radical afinal a geração atual é uma versão sob licença do Doblò, da Fiat.

Nova geração de motores e sistemas de auxílio à direção

Como é comum em projetos conjuntos como esse, os três modelos devem oferecer praticamente a mesma coisa, seja em volume de carroceria, versões de motores e opções de assento – são esperadas versões de cinco e sete lugares. Mas a PSA ressalta que, graças à nova arquitetura, será possível equipá-los com motores e câmbios mais modernos e com isso beneficiar seu desempenho e eficiência.

A plataforma EMP2 é semelhante à tão conhecida MQB, da Volkswagen. Trata-se de um conjunto de componentes e de estruturas modulares que podem servir a uma ampla gama de veículos e com isso reduzir custos de produção. Ela é adotada por exemplo no novo C4 Picasso e nas vans médias Jumpy e Expert recentemente lançadas no Brasil.

A nova geração do Berlingo, Partner e Combo será produzida na Espanha e Portugal nos próximos meses, mas os detalhes só serão revelados nas próximas semanas pela PSA.

Apenas para lembrar que o grupo francês resolveu investir pesado no segmento comercial, inclusive na América do Sul. Depois de atuar de forma discreta nesse mercado, a PSA deu início à montagem dos dois utilitários citados acima no Uruguai. Resta saber se a nova geração do Berlingo e Partner um dia chegará por aqui também. Afinal, os dois modelos ainda são vendidos na região, mas praticamente em fim de carreira.

 
 
Peugeot Partner 2016
 
Peugeot Partner vendida no Brasil: geração ultrapassada
Peugeot Partner 2016
Novos Partner, Berlingo e Combo (do alto para baixo): plataforma de última geração
 
Novos Partner, Berlingo e Combo (do alto para baixo): plataforma de última geração
Novos Partner, Berlingo e Combo (do alto para baixo): plataforma de última geração
Opel Combo 2017
 
Opel Combo atual é uma versão do Doblò europeu
Opel Combo 2017
Citroën Berlingo 2016
 
Citroën Berlingo ainda vendido na Argentina
Citroën Berlingo 2016
Citroën Berlingo 2017
 
Citroën Berlingo vendido na Europa
Citroën Berlingo 2017
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/