Projeções antecipam a nova geração do Renault Sandero

Renault, pelo menos no cronograma inicial, deverá apresentar o modelo renovado para o continente europeu ainda neste ano
Projeção de Nikita Chuyko para a próxima geração do Renault Sandero

Projeção de Nikita Chuyko para a próxima geração do Renault Sandero | Imagem: Kolesa/Nikita Chuyko

O site russo Kolesa publicou recentemente duas interessantes e muito competentes projeções sobre o que podemos esperar para as novas gerações dos Renault Sandero e Logan, pelo menos no continente europeu.

Tomando como base flagras recentes dos modelos em teste, o artista Nikita Chuyko imaginou o que podemos esperar para o hatch e o sedan completamente renovados, dessa vez substituindo até mesmo a plataforma.

Como é possível conferir nas projeções (clique na foto principal acima do texto para acessar a galeria), tanto o Sandero como o Logan contarão com um design muito mais maduro e arrojado, aproximando-os da gama europeia mais moderna da Renault. No caso do Sandero, é inegável uma semelhança com o novo Clio, em especial pela grade frontal abrigando o logotipo da marca com um grande destaque.

Logo, o Sandero deverá manter a proposta de um habitáculo amplo e espaçoso, acompanhado de um porta-malas ligeiramente superior em relação aos demais hatches compactos, dois traços que fizeram o hatch ganhar boa aceitação entre os consumidores ao redor do mundo.

Como o VW Polo, Peugeot 208, entre outros modelos em suas gerações mais recentes promoveram na Europa, a categoria de compactos evoluiu consideravelmente nos últimos anos, abandonando a aura de segmento de entrada. Caberá ao Sandero seguir a mesma estratégia para não se tornar um produto anacrônico. Claro que talvez sem oferecer alguns recursos mais avançados e que poderiam encarecê-lo demais. Para isso, é sempre bom lembrar, a Renault já conta com o Clio em sua gama.

Em meio a normas de emissões cada vez mais restritivas na Europa, o Sandero e o Logan vão precisar evoluir também no quesito propulsão. Nesse aspecto, a migração da dupla para a arquitetura mais moderna CMF-B proporcionará que o hatch e o sedan contem até mesmo com uma variante híbrida-leve para atender as novas regras.

Segundo rumores, cogita-se um conjunto mecânico híbrido composto pelo motor 1.6 a gasolina atuando com um propulsor elétrico compacto, que, juntos, devem entregar cerca de 140 cv. Na Europa, o Renault Duster já conta com um interessante motor 1.0 turbo, que substituiu com bem mais eficiência o 1.6 oferecido até então.

A previsão antes da pandemia da Covid-19 causada pelo novo coronavírus era para a apresentação dos novos Sandero e Logan ocorrer ainda neste ano, possivelmente no Salão de Paris. As dúvidas sobre a manutenção do evento e a parada nas fábricas ao redor do mundo levam a crer que a estreia pode ser adiada ou seguir de acordo com o planejado porém de forma digital. Aqui no Brasil ainda é cedo para falarmos de uma renovação completa para os dois modelos, lembrando que eles foram atualizados no fim do ano passado. As respectivas novas gerações de Logan e Sandero não devem ser nacionalizadas antes de 2022 ou 2023. Vamos acompanhar e seguiremos reportando no Autoo!

Projeção de Nikita Chuyko para a próxima geração do Renault Sandero
Projeção de Nikita Chuyko para a próxima geração do Renault Sandero
Imagem: Kolesa/Nikita Chuyko

Assine a newsletter semanal do AUTOO!