Salvação para a Citroën no Brasil? Marca testa seus novos compactos no país

Primeiro integrante da nova gama de modelos de entrada da marca pode ser lançado ainda neste ano
Flagra da nova família de compactos da Citroën em teste no Brasil

Flagra da nova família de compactos da Citroën em teste no Brasil | Imagem: Reprodução internet/Andre Gessner

Flagra interessante foi publicado por Andre Gessner em seu perfil no Instagram. Pelas imagens realizadas no Rio de Janeiro, é possível notar que a Citroën já testa no país sua nova família de compactos.

Desenvolvida na Índia e tendo como foco países emergentes, até onde sabemos a essa gama inédita chamada internamente pela marca de C-Cubed deverá ser composta por um hatch (sucessor do C3 nacional), um sedã e um crossover de pequeno porte (sucessor do Aircross brasileiro).

A previsão é que um dos integrantes dessa nova família deverá ser lançado pela marca aqui no Brasil ainda neste ano, algo mais do que necessário considerando que a Citroën hoje vive no país apenas das vendas do C4 Cactus. No ano passado, as vendas da Citroën no Brasil despencaram cerca de 50%, conforme noticiamos

Apesar do foco no baixo custo, como é peculiar em projetos desenvolvidos para mercados em desenvolvimento, sabemos que o programa C-Cubed foi concebido tomando como base a plataforma mais moderna da PSA para automóveis compactos, no caso a CMP. A arquitetura, inclusive, já encontra-se adaptada e pronta para entrar em produção em Porto Real (RJ).

Flagra da nova família de compactos da Citroën em teste no Brasil
Flagra da nova família de compactos da Citroën em teste no Brasil
Imagem: Reprodução internet/Andre Gessner

O inédito SUV pequeno que integra o programa C-Cubed é conhecido até o momento pelo nome de projeto C21 e certamente será uma grande aposta da marca em nosso mercado. Em termos de porte e faixa de preço, provavelmente o modelo deverá atuar em uma segmentação de mercado semelhante a de Volkswagen Nivus e o futuro crossover da Fiat baseado no Argo.

A previsão, contudo, é que o primeiro integrante do programa C-Cubed a ser lançado globalmente será o hatchback, seguido pelo SUV pequeno e logo após o sedã. De acordo com a imprensa especializada indiana, os modelos deverão ter como opções os motores 1.2 a gasolina em suas variantes aspirada e turbo, além do 1.5 turbodiesel no país asiático.

A produção nacional dos novos compactos da Citroën deverá trazer um interessante complemento de gama se consideramos os planos da Peugeot para o país. Com as novas gerações do 208 e do 2008 fabricadas na Argentina, a Citroën ganha espaço para robustecer a oferta de produtos do conglomerado francês no Brasil, com um hatch mais acessível em relação ao 208, bem como, entre os SUVs, o sucessor do Aircross ocuparia uma segmentação de mercado abaixo de Peugeot 2008 e Citroën C4 Cactus. Portanto, se pensarmos no portfólio combinado das duas fabricantes, o raciocínio faria muito sentido, inclusive favorecendo a possibilidade de escolha dos consumidores e podendo atrair novos clientes para as duas marcas. Resta saber se, com o advento da Stellantis, os planos poderão sofrer algumas alterações.

Flagra do futuro SUV pequeno da Citroën que será produzido no Brasil
Futuro SUV pequeno da Citroën também foi flagrado na Índia, onde foi desenvolvido 
Imagem: Gokul Raj/ Autocar India
Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags