Sandero e Logan ficam quase irreconhecíveis em nova geração

Modelos compactos da Dacia chegam à 3ª geração, revelada nesta segunda-feira, 7, na Europa, com estilo renovado e promessa de mais tecnologia
A nova família Logan/Sandero será apresentada no dia 29 de setembro

A nova família Logan/Sandero será apresentada no dia 29 de setembro | Imagem: Divulgação

O grupo Renault apresentou nesta segunda-feira, 7, na Europa, as primeiras imagens oficiais da nova geração do Sandero, Logan e Sandero Stepway. E a revelação surpreendeu pelo avanço da 3ª geração da família de compactos, que praticamente perdeu qualquer relação com o projeto original, da década passada.

A Dacia, subsidiária responsável pelos modelos compactos, apresentará os três carros no dia 29 de setembro, quando então serão conhecidos os detalhes mecânicos e de equipamentos. Por enquanto, a montadora apenas divulgou três imagens de projeções de computador que antecipam seu estilo renovado. E elas são suficientes para constatar que Sandero, Stepway e sobretudo o Logan deram um salto enorme de qualidade, proporcionado pela plataforma CMF-B, do novo Clio, que substitui a confiável mas datada B0 que deu origem à primeira geração e serviu de base para a profunda reestilização, considerada pela Renault como a segunda geração.

A primeira novidade é os três modelos ganharam linhas mais suaves e teto mais baixo. O para-brisas, por exemplo, está mais inclinado, o que beneficiará a aerodinâmica e, por sua vez, o consumo e o ruído interno dos carros. Em comum, eles trazem uma nova grade frontal com emblema da Dacia integrado aos faróis, que exibem um conjunto mais afilado. O Stepway, no entanto, possui um desenho de grade mais ressaltado e a inscrição do nome na base. Além disso, o aventureiro ganhou um capô próprio, com dois ressaltos laterais.

Na lateral, a Dacia também reforçou a impressão de automóveis mais largos, evidenciado pelas caixas de rodas ressaltadas. A traseira do Sandero, a única revelada, mostra lanternas que invadem levemente a tampa do porta-malas e que também exibem a nova assinatura de iluminação em Y.

O Logan 2006 vs o Logan 2022: evolução impressionante
O Logan 2006 vs o Logan 2022: evolução impressionante
Imagem: Divulgação

15 anos de história

Segundo a fabricante, o "Sandero tornou-se o modelo emblemático e um campeão de vendas, e desde 2017 é o carro mais vendido na Europa para clientes individuais". De fato, a família Logan, quando chegou há 15 anos, assumiu um papel importante no grupo ao oferecer aos países do Leste Europeu, então saídos da influência da ex-União Soviética, um veículo confiável, espaçoso e barato. A receita acabou replicada em vários outros mercados em desenvolvimento como o Brasil.

A 3ª geração, no entanto, terá de buscar um cliente que já não aceita para-brisas planos, retrovisores idênticos de ambos os lados e um interior rústico, para dizer o mínimo. A segunda geração teve o mérito de corrigir muitas dessas deficiências, mas continuava a ser uma plataforma muito simplória, ainda mais com o surgimento de concorrentes mais sofisticados.

Veja também: Avaliação: Fan: a melhor opção para a Honda CG 160?

O parentesco com o novo Clio deve aliviar essa sensação. Se certamente não terão o mesmo nível de sofisticação, os novos Logan, Sandero e Stepway podem agradar pelo bom custo-benefício. A parte mecânica, por exemplo, poderá se beneficiar de novos propulsores turbo ou mesmo uma versão híbrida que atenda a rigorosa legislação ambiental europeia.

Por aqui, os novos Logan e Sandero deve demorar afinal a atual geração ganhou uma atualização de meia vida no ano passado.

Os novos Stepway e Sandero: 3ª geração dá passo mais ousado
Os novos Stepway e Sandero: 3ª geração dá passo mais ousado
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!