Segundo tabela não oficial, novo Corolla 2020 custará de R$ 99.990 a R$ 139.990

Imagem que circula na internet também declara o consumo da versão híbrida
Acima a nova geração do Toyota Corolla brasileiro, que contará com propulsão híbrida flex

Acima a nova geração do Toyota Corolla brasileiro, que contará com propulsão híbrida flex | Imagem: Divulgação

Uma informação relevante começou a circular na internet brasileira ao longo do fim de semana. Trata-se de uma imagem não oficial (veja logo abaixo do texto) em que são revelados os preços, conteúdo das versões e consumo das novas versões do Toyota Corolla 2020 nacional.

De acordo com o documento, o modelo contará com três configurações equipadas com o motor 2.0 flex e transmissão automática CVT que simula 10 marchas para trocas sequenciais. Como já abordamos aqui no Autoo, esse conjunto mecânico foi revelado pela marca no começo de 2018 e traz soluções muito interessantes.

O motor 2.0 figura em uma nova família de propulsores da marca, chamada Dynamic Force Engine. Em busca de elevada eficiência, ele combina o uso de injeção de combustível direta e indireta e aprimoramentos construtivos como as sedes das válvulas delineadas a laser. Segundo a Toyota revelou à época, o novo motor 2.0 Dynamic Force consegue uma eficiência térmica da ordem de 40%, um valor elogiável tomando como base os padrões atuais. O propulsor será flex por aqui e, caso confirmados os valores da tabela não oficial, entregará 167 cv de potência e 21,4 kgfm de torque.

A transmissão automática Direct Shift-CVT que estará presente no novo Corolla nacional, por sua vez, é 6% mais eficiente que uma caixa CVT atual da marca. O grande destaque da transmissão fica por conta da introdução de uma engrenagem de partida no conjunto do câmbio, a primeira do tipo em um carro de passeio. Segundo a Toyota, a novidade deverá conferir “respostas mais diretas e trocas altamente responsivas” ao câmbio CVT, algo que muita gente sente falta nesse tipo de transmissão.

Pela tabela não oficial que corre na internet, o motor 2.0 Dynamic Force em conjunto com a caixa Direct Shift-CVT vai figurar a partir da versão GLi, partindo de R$ 99.990. Entre os principais equipamentos de série, ela contará com faróis de LED, rodas aro 16”, ar-condicionado manual e volante com comandos multifuncionais.

Logo acima estará a versão XEi 2.0 Flex CVT-10, como aparece caracterizada na tabela, com valor sugerido de R$ 109.990. Ela acrescenta, em relação ao novo Corolla GLi, itens como rodas aro 17”, piloto automático e ar-condicionado automático digital.

Por fim, a versão mais sofisticada com o conjunto mecânico não eletrificado será a Altis Premium, com valor tabelado em R$ 119.990. Ela traz todos os itens da opção XEi mais rodas aro 17” provavelmente com um design próprio para a versão, teto solar e o pacote Toyota Safety Sense, que engloba o piloto automático adaptativo, farol alto com comutação automática, aviso de saída de faixa e alerta de colisão com frenagem automática de emergência.

Um dos grandes destaques da nova geração do Toyota Corolla brasileiro será a opção híbrida flex. Segundo a tabela não oficial, o Corolla Hybrid 2020 custará R$ 129.990 e terá como destaques entre os equipamentos de série os faróis, luz de ré e luz de freio em LED, rodas de liga leve aro 17”, opção de interior preto ou bege, ar-condicionado automático digital e somente a partir dessa configuração deverá estar presente a central multimídia com suporte aos sistemas de espelhamento Apple CarPlay e Android Auto.

Caso a tabela que circula na internet esteja correta, a versão topo de linha do novo Corolla 2020 nacional será a Hybrid Premium de R$ 139.990. Além do conjunto mecânico formado pelo motor 1.8 flex e outro propulsor elétrico, ela acrescenta em relação ao Corolla Hybrid o teto solar e o Toyota Safety Sense citado anteriormente.

Ainda será necessário aguardar a divulgação dos números em algum documento oficial, porém, segundo a tabela vazada na internet, as versões 2.0 flex CVT serão capazes de entregar consumo de até 8 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada com etanol. Com gasolina, as médias para o mesmo conjunto mecânico sobem para 11,6 e 13,9 km/l, respectivamente.

No caso do Corolla Hybrid e Hybrid Premium, as médias ficam em 10,9 km/l na cidade com etanol e 9,9 km/l na estrada com o mesmo combustível. No caso do uso de gasolina, os valores alcançam 16,3 km/l e 14,5 km/l, respectivamente. Na prática, contudo, o modelo híbrido deverá números mais favoráveis, algo que vamos constatar futuramente em nossos testes com o sedan. A grande vantagem da configuração que mescla o motor a combustão com o elétrico reside na baixa emissão de poluentes, que fará do Corolla híbrido flex nacional o modelo mais limpo do mundo com esse tipo de conjunto propulsor.

Procurada pelo Autoo, a Toyota declarou que não confirma nenhum dos dados da tabela. De qualquer forma, a apresentação do novo Corolla ocorrerá muito em breve, no começo de setembro, e todos os dados sobre o modelo serão, enfim, revelados. O Autoo estará presente no lançamento do Corolla 2020 e trará todos os detalhes. Acompanhe!

 

Acima a tabela não oficial que circula pela internet antecipando dados do Corolla 2020 fabricado no Brasil
Acima a tabela não oficial que circula pela internet antecipando dados do Corolla 2020 fabricado no Brasil
Imagem: Reprodução internet

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!