Tarek, o 'Compass' da Volkswagen, é flagrado na China

SUV intermediário entre o T-Cross e o Tiguan será fabricado na Argentina
Suposto Volkswagen Tarek é flagrado na China: produção na Argentina em 2019

Suposto Volkswagen Tarek é flagrado na China: produção na Argentina em 2019 | Imagem: Reprodução

Para compensar os anos em que ignorou o segmento de SUVs abaixo do Tiguan, a Volkswagen resolveu de um tempo para cá desenvolver diversos modelos muito próximos em tamanho e proposta.

Além do “nosso T-Cross”, SUV compacto derivado do Polo e que será lançado no Brasil no segundo semestre, a Volks também planeja um modelo para enfrentar o Jeep Compass, hoje o mais bem sucedido utilitário esportivo do mercado.

É este carro que, aparentemente, foi flagrado na China nos últimos dias. Com jeito de “mula” (carroceria de outro veículo), o Tarek (provável nome) não nega a influência do irmão maior Tiguan. Apesar de uma grade falsa que lembra um Seat, o SUV revela traços comportados e previsíveis, bem ao estilo da Volkswagen.

Ele utiliza a plataforma MQB, a mesma do Golf, em vez da versão A0, utilizada pelo Polo e menos sofisticada. Ou seja, o Tarek deve oferecer mais qualidade como suspensão independente nas quatro rodas além de outros itens para ser capaz de concorrer com o Compass.

O interior, também fotografado, demonstra essa tese, com um painel com elementos que passam uma percepção de maior qualidade. Por ser um protótipo chinês é possível que algumas especificações sejam diferentes da que veremos no modelo argentino – o Tarek será produzido no vizinho como parte da divisão de investimentos da VW na região.

Pelo que revelou o presidente da Volks na América do Sul, o Tarek pode ser lançado na região até 2020. Como o T-Cross terá 2019 para se firmar no concorrido segmento do HR-V, Renegade, Creta e Kicks, é provável que a marca alemã só introduza o novo SUV entre o final de 2019 e o começo de 2020.

Os tempos de fartura de SUVs na Volks estão chegando.