Toyota Hilux híbrida pode virar realidade em breve

Próxima geração da picape produzida na Argentina pode ser apresentada ainda em 2023 e contará com eletrificação
Toyota Hilux 2021

Toyota Hilux 2021 | Imagem: Divulgação

Com raras exceções, como a Ford F-150 nos EUA, são poucas as caminhonetes que já adotaram algum sistema de eletrificação do conjunto motriz. Mas com as regras de emissões de poluentes restringindo o que as montadoras podem oferecer, esse caminho deverá ser adotado por mais fabricantes e os resultados não devem demorar a aparecer.

Um caso bem próximo do Brasil é o da nova geração da Toyota Hilux. A picape oferecida no Brasil é fabricada em Zárate (ARG) e, por lá, o site Argentina Autoblog reportou que a operação da montadora nipônica no país vizinho já está trabalhando na nova geração da picape, que deve ser apresentada entre 2023 e 2024. 

Com a chegada da Hilux renovada se aproximando, a Toyota teria acelerado o processo de seleção e desenvolvimento de fornecedores locais para prover os equipamentos necessários para a inédita versão híbrida da picape. Seria o primeiro veículo desse tipo construído no país vizinho. Em entrevista ao jornal argentino El Cronista, o presidente da marca naquele país, Juan Manuel Compte, foi enfático quanto à necessidade de eletrificação por lá.

O executivo celebrou que a fábrica da Zárate da empresa deve bater um recorde histórico ao produzir mais de 145 mil unidades em 2021, enquanto a eletrificação deve ser fator chave para manter o bom desempenho. “Se não avançarmos em direção aos carros eletrificados, a Argentina não sobreviverá como um polo produtor de automóveis e só importará veículos”, declarou Compte.

Toyota Hilux 2021
Toyota Hilux 2021
Imagem: Divulgação