Volkswagen deverá seguir com seus planos para modelos eletrificados no Brasil e região

Empresa já estabeleceu a meta de contar com 6 veículos de propulsão limpa na região até 2023
Um crossover elétrico, como o VW ID. Crozz, tem mais chances de chegar ao Brasil

Um crossover elétrico, como o VW ID. Crozz, tem mais chances de chegar ao Brasil | Imagem: Divulgação

A pandemia do novo coronavírus certamente mexeu com o caixa de inúmeras montadoras, afetando em cheio seu planejamento de futuros modelos e demais estratégias para diferentes mercados.

Se, aqui no Brasil e região, uma das vítimas dentro da gama Volkswagen pode ter sido a picape compacta-média Tarok, ao menos os planos da fabricante alemã de investir em carros eletrificados na América do Sul seguem com maior fôlego.

Na vizinha Argentina, a subsidiária local da Volkswagen recebeu nesta semana um exemplar do e-up!. Segundo declarações do CEO da fabricante no país, Thomas Owsianski, a iniciativa é o “passo inicial” para um programa que será desenvolvido no país envolvendo a comercialização de carros elétricos na região. Ainda de acordo com o executivo, apesar do momento desafiador a VW “manterá seu compromisso com a inovação”, um sinal de que a fabricante não deverá deixar de lado o investimento em veículos de propulsão alternativa na América do Sul.

Segundo rumores, há inclusive uma possibilidade de a marca alemã apostar na comercialização do hatch com propulsão 100% elétrica na Argentina como uma alternativa para potenciais clientes interessados em um modelo urbano que não emite nenhum gás tóxico para a atmosfera e muito menos precisa consumir uma gota sequer de combustível. Importado da Europa, o e-up! tem autonomia para cerca de 255 km, conta com 82 cv de potência e a bateria principal do conjunto propulsor pode ser recarregada em seis horas utilizando o WallBox próprio do modelo.

Como já noticiamos, a Volkswagen revelou no ano passado que tem como uma de suas metas oferecer em nossa região até 6 modelos eletrificados (híbridos ou elétricos) até o fim de 2023. Veículos mais robustos e adequados ao nosso pavimento, como o crossover ID.4, são alguns dos fortes candidatos a desembarcarem também em nosso país.

Um crossover elétrico, como o VW ID. Crozz, tem mais chances de chegar ao Brasil
Um crossover elétrico, como o VW ID. Crozz, tem mais chances de chegar ao Brasil
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!