Além do Seal U, conheça outros 4 lançamentos que a BYD terá no Brasil

Marca chinesa tem planos de alcançar 5% do mercado brasileiro até o fim de 2024 com novidades
BYD Seal U

BYD Seal U | Imagem: Divulgação

A BYD tem planos ambiciosos no Brasil e isso inclui uma série de lançamentos no país, com mais ênfase aos SUVs, que representam em torno de 20% do mercado atualmente. Depois da boa aceitação de modelos como o subcompacto Dolphin Mini, o SUV médio Song Plus e o hatch Dolphin, uma nova leva de novidades já estão a caminho. 

VEJA TAMBÉM:

Entre o que já foi inclusive flagrado em testes no Brasil, teremos o sedã híbrido King, e o SUV híbrido plug-in Seal U, que também foi uma das novidades do Salão de Pequim (China), em abril. Além desses dois, outros carros da BYD já foram registrados por aqui, como é o caso do SUV grande Leopard 5. Veja a seguir mais detalhes sobre 5 novidades da marca.

1 - Yuan Up

BYD Yuan Up em fotos publicadas pelo governo chinês
BYD Yuan Up é um SUV compacto que vai competir com VW T-Cross, Hyundai Creta e outros
Imagem: Reprodução

Quando a reportagem de Autoo esteve no lançamento do Dolphin Mini, perguntamos ao diretor de vendas da BYD do Brasil, Henrique Antunes, sobre a possível chegada do SUV compacto ao Brasil. Como resposta, recebemos apenas um "talvez", mas ficou no ar que a marca já prepara a chegada do modelo ao mercado brasileiro com mesmo porte de Volkswagen T-Cross, Chevrolet Tracker, Hyundai Creta e companhia. 

Vem com 4,31 metros de comprimento por 1,83 m de largura, 1,68 m de altura e 2,62 m de entre-eixos. Pode ser que chegue com motor elétrico de 95 cv ou 177 cv e autonomias, de acordo com o ciclo chinês (CLTC) entre 301 km e 401 km. respectivamente. Deverá chegar no primeiro semestre de 2025 por preços que ficarão ao redor dos R$ 200 mil.

2- Seal U

BYD Seal U
BYD Seal U terá o Toyota Corolla Cross entre os principais concorrentes quando chegar ao Brasil
Imagem: Divulgação

O SUV médio híbrido deverá ser um dos principais rivais de Toyota Corolla Cross, Honda CR-V, Haval H6 e outros quando chegar ao Brasil. Chegou a ser visto em testes por aqui, ainda com camuflagem e pelo andar da carruagem seu lançamento no mercado brasileiro não deverá passar do primeiro semestre de 2025. 

No conjunto mecânico o BYD Seal U deverá ter motor a combustão, de quatro cilindros, que funciona com propulsor elético  com  114 e 194 cavalos de potência, respectivamente. Entre os equipamentos de série, destacam-se itens como tela sensível ao toque giratória de 15,6 polegadas e um seletor de marcha com acabamento cristalino.

3- King

BYD King
BYD King: sedã médio híbrido de estilo arrojado para fazer frente ao Toyota Corolla
Imagem: Divulgação

Até no segmento de sedãs médios a BYD deve apostar.Essa fatia do mercado está quase extinta no Brasil, restando apenas uma versão do Honda Civic, uma do VW Jetta e apenas o Toyota Corolla com mais opções e fabricado no Brasil. Justamente por isso, entre outros fatres, é que a marca acredita que poderá ter êxito.

O sedã vem com  4,78 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,49 m de altura e 2,72 m de distância entre-eixos. O porta-malas conta com 488 litros de capacidade. Deve vir com motor 1.5 híbrido plug-in, o mesmo do Song Plus. E o melhor, estimativa de fazer mais de 26 km/l com gasolina e ter uma autonomia de 1.200 km com um tanque cheio e baterias carregadas no ciclo europeu WLTP.

4- Shark

BYD Shark 2025
BYD Shark 2025: picape híbrida deve ser fabricada em Camaçari (BA) e terá a Toyota Hilux como rival
Imagem: Divulgação

A picape média híbrida, mostrada no México já teve sua chegada ao Brasil confirmada e deverá ser fabricada em Camaçari (BA). Virá eletrificada, o que já virou uma das tendências do segmento. Por isso, o mais provável é que seja equipada com  sistema híbrido com motor 1.5 turbo de 192 cv combinado a outros dois elétricos, um em cada eixo, somando 430 cv. 

Na comparação com as pricipais rivais, como Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger, entre outras, a Shark será ligeiramente maior, com  com  5,46 m a 5,32 m, 1,96 m a 1,85 m na largura e 1,89 m a 1,81 m na altura e 3,36 m de entre-eixos. E o sistema  de tração integral funciona alternando o funcionamento dos dois motores e de acordo com uma série de variáveis, como o tipo de piso. 

5 -  Leopard 5

Leopard 5 é um SUV híbrido que foi registrado no Inpi e tem boas chances de vir ao Brasil
Leopard 5 é um SUV híbrido que foi registrado no Inpi e tem boas chances de vir ao Brasil
Imagem: Divulgação

O híbrido plug-in Leopard 5 que foi registrado no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), o que é um indício de que logo deverá estar no Brasil. É fabricado sobre a mesma plataforma da picape Shark, a DMO (Dual Mode Off-Road).

O Fang Cheng Bao Leopard 5 foi uma das atrações da BYD no Salão de Pequim (China), no mês passado e lembra o Land Rover Defender da nova geração. Tem motor 1.5 turbo a gasolina com dois motores elétricos e três bloqueios de diferencial com uma potência combinada de 680 cv e torque máximo de 77,5 kgfm. E a autonomia total, pelo ciclo chinês CLTC, fica em 1.200 km, mas sem a correção do Inmetro.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

Carlos Guimarães

Jornalista há mais de 20 anos, já acelerou várias novidades, mas não dispensa seu clássico no final de semana

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções