Boa notícia: Peugeot Citroën prepara novos modelos para o Brasil e região

Conglomerado francês investe no país e vai modernizar sua unidade de Porto Real (RJ)
Acima a nova geração Peugeot 2008 em sua inédita configuração elétrica

Acima a nova geração Peugeot 2008 em sua inédita configuração elétrica | Imagem: Divulgação

A Peugeot Citroën (PSA) anunciou na tarde desta terça-feira (8) uma excelente notícia para o Brasil. O conglomerado francês investirá mais de R$ 220 milhões para modernizar seu parque fabril em Porto Real (RJ), preparando a unidade para receber a plataforma modular CMP. A arquitetura, uma das mais modernas do grupo, é utilizada para modelos compactos e médios, contemplando carrocerias hatch, sedan e SUV.

A iniciativa da PSA surpreendeu, uma vez que era esperado que apenas a unidade de Palomar, na Argentina, receberia a nova arquitetura modular.

De acordo com comunicado da PSA, o investimento inicial no complexo de Porto Real “contempla a instalação de cerca de 30 novos robôs, especialmente na área da chaparia, em adição aos 245 já existentes. Neste setor, um inédito processo polivalente e flexível permitirá a produção de novos veículos na arquitetura CMP e favorecerá aqueles montados na atual plataforma BVH1”, destaca a empresa.

“Para a implementação dessas mudanças, o Polo Industrial Brasil terá uma parada técnica no final de 2019 que, somado ao período de férias coletivas já pré-estabelecidas para a unidade, fará com que as suas atividades produtivas fiquem suspensas entre início de novembro de 2019 e de janeiro de 2020”, acrescenta a PSA em comunicado.

Sabemos pelo que corre nos bastidores que a nova geração do Peugeot 208 será produzida na Argentina a partir dos primeiros meses de 2020. A renovação do hatch compacto chegará em boa hora para a marca, em especial porque a categoria está se mostrando cada vez mais competitiva.

Cerca de um ano depois, avançando para 2021, era cogitada também a produção do novo Peugeot 2008 na Argentina. Agora nos resta saber se o SUV será mesmo produzido no país vizinho ou o abastecimento para os países da região ficaria a cargo da unidade carioca. De qualquer forma, o comunicado desta terça-feira deixa claro que a fábrica de Porto Real seguirá produzindo modelos baseados na plataforma BVH1, portanto o 2008 de primeira geração, assim como o 208 atual, deverão seguir em linha como opções mais acessíveis.

Ainda no campo das conjecturas, é interessante considerarmos a possibilidade das novas gerações de 208 e 2008 de fato ficarem destinadas à fábrica Argentina, o que liberaria espaço para a PSA produzir novos modelos da Citroën no Brasil. A marca em questão precisa, urgentemente, de uma renovação em sua gama. O C3, por exemplo, hoje mostra-se um carro anacrônico frente aos hatches compactos mais modernos.

Juntando algumas pontas, vale a pena recordar que a principal executiva da marca no Brasil, Ana Theresa Borsari, anunciou em junho deste ano que a Citroën tem nos planos lançar um produto totalmente novo por ano no Brasil entre 2020 e 2023, portanto podemos esperar que alguns deles estejam contemplados pelo novo ciclo de investimentos em Porto Real.

Vamos acompanhar de perto as próximas iniciativas da PSA no Brasil e seguiremos noticiando aqui no Autoo. Acompanhe! 

Vista aérea da fábrica da PSA em Porto Real (RJ)
Vista aérea da fábrica da PSA em Porto Real (RJ)
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!