SUV bZ4X é o primeiro veículo 100% elétrico da Toyota

Marca japonesa revelou o primeiro membro da família "beyond Zero" (além do zero) no Salão de Xangai com direito a manche no lugar do volante
Toyota bZ4X 2022

Toyota bZ4X 2022 | Imagem: Divulgação

Ainda com o rótulo de conceito, a Toyota apresentou nesta segunda-feira, 19, no Salão de Xangai o bZ4X, seu primeiro veículo 100% elétrico. Como se esperava, o modelo é um SUV de baixa altura, com perfil voltado para o mercado europeu, sobretudo.

A aparição no salão chinês, no entanto, reforça o movimento das grandes montadoras de priorizar o público do país, hoje o maior mercado de automóveis do mundo. É o que fez a Ford mostrar o Evos, um crossover que terá a missão de substituir o Fusion e o Mondeo globalmente.

O bZ4X é o primeiro de uma série de veículos de emissão zero, ou em inglês "beyond Zero", daí a sigla. Ao contrário dos numerosos híbridos da marca como o Prius, o SUV é o que inglês se considera um “BEV”, ou veículo elétrico a bateria, ou seja, sem o uso de motores a combustão para auxiliar a propulsão ou a recarga. Ele utiliza a plataforma e-TNGA e foi desenvolvido em parceria com a Subaru, marca que já possui um relacionamento de longa data com a Toyota.

As linhas do bZ4X seguem um desenho já antecipado pela Toyota e lembra um RAV4 mais baixo e esguio. Há traços diagonais numerosos e um para-choque bastante destacado dada a ausência de uma grade de grande volume por razões óbvias. O conceito traz ainda elementos num tom escuro diferente da carroceria que talvez não sejam visto no modelo de produção.

O interior é o que mais surpreende: se optou por evitar a tendência das grandes telas horizontais integradas de outros carros modernos, a Toyota lançou mão de um volante em formato de manche de avião batizado de “steer-by-wire”, uma solução impensável diante da costumeira tradição da marca.

Toyota bZ4X 2022
Toyota bZ4X 2022
Imagem: Divulgação

A solução, conjugada com o cluster digital aberto, deu ares futuristas ao bZ4X, só prejudicados pela enorme central multimídia destacada e os difusores de ar retangulares. O console central, por sua vez, é elevado como num HR-V mas com maior espaço que ele.

Há um botão giratório para acionamento das marchas e outros acionadores como o freio de estacionamento eletrônico, o modo Eco, o assistente de estacionamento e o controle de tração. O espaço interno parece adequado e a fileira de trás tem o piso plano, um ponto positivo permitido por um carro elétrico.

Veja galeria de imagens do Toyota bZ4X

Direção eletrônica

O manche do bZ4X funciona de forma semelhante a alguns aviões comerciais da Airbus e Embraer, que usam o sistema “fly-by-wire”. Em suma, essa tecnologia elimina mecanismos físicos para acionar as rodas, substituindo por impulsos elétricos controlados por computador.

Por essa razão, o “steer-by-wire” pode ter esse formato afinal o motorista não precisará girar o volante em excesso para fazer uma curva mais fechada. Segundo a Toyota, “essa tecnologia dá ao motorista maior controle, removendo a interferência de superfícies irregulares da estrada e de frenagem, proporcionando uma resposta mais precisa de acordo com a velocidade do veículo e o ângulo de direção”.

O bZ4X é equipado com tração integral proporcionada por motores elétricos nos dois eixos que a marca garante, irá proporcionar um desempenho genuíno off-road e também maior segurança em estradas pavimentadas.

Toyota bZ4X 2022
Toyota bZ4X 2022
Imagem: Divulgação

Lançamento em 2022

A Toyota, no entanto, guardou os detalhes técnicos do bZ4X para uma outra ocasião. Ou seja, ainda permanece o mistério sobre que tipo de solução a bateria a empresa pretende lançar no mercado assim como o desempenho esperado do SUV, sobretudo em relação a autonomia.

A marca, no entanto, diz que o modelo terá parte da recarga feita por painéis solares e que suas baterias são maiores e mais potentes, mas por outro lado afirmou que o bZ4X terá um alcance competitivo.

Por enquanto se sabe que o bZ4X será vendido a partir de meados de 2022 na Europa e China, com outros mercados ainda por serem anunciados. O que a Toyota confirmou é que o SUV é um dos sete modelos da família “beyond Zero” que serão lançados até 2025, além de outros oito veículos elétricos a bateria ainda não detalhados.