VW: Polo Track em 2023 e sucessor do Gol a caminho

Fabricante anuncia novo ciclo de investimentos na América Latina da ordem de R$ 7 bilhões
Primeiro teaser oficial do Polo Track

Primeiro teaser oficial do Polo Track | Imagem: Divulgação

A Volkswagen anunciou nesta sexta-feira (5) um relevante pacote de novos investimentos para a região da América Latina, o qual vai contemplar o equivalente a R$ 7 bilhões distribuídos entre os anos de 2022 e 2026.

Segundo a fabricante, a soma será utilizada na “reestruturação e renovação do portfólio”, bem como no “desenvolvimento de modelos de negócios digitais e expansão da pesquisa sobre biocombustíveis”.

Como já noticiamos, a questão do uso do etanol, em especial para veículos híbridos flex aqui no Brasil, vai ocupar um papel central na estratégia de descarbonização das atividades da VW na América Latina, incluindo os automóveis comercializados pela marca.

Novos modelos 

Em seu comunicado sobre os novos investimentos regionais, a Volkswagen destaca que vislumbra “maior potencial da nova família de carros compactos para o segmento de entrada”.

Tudo leva a crer que trata-se, entre outras novidades, do sucessor do Gol.

Muito é ventilado nos bastidores sobre os caminhos que o Gol poderá seguir.

Entre as possibilidades, o tradicional modelo nacional poderia evoluir para um tipo de crossover pequeno acessível, semelhante a um Fiat Pulse. 

Leia também: 
VW Polo 2023: as evoluções que podem estrear no hatch nacional
Facelift do VW Polo fica para 2022 no Brasil
Novo Polo estreia na Europa; por aqui, hatch aprimorado vai conviver com modelo atual

De qualquer forma, a Volkswagen tornou oficial nesta sexta-feira que o Polo Track de fato sairá do papel, projeto que começou a ser desvendado ainda no fim de 2020.

A fábrica de Taubaté (SP) será aprimorada para produzir automóveis construídos sobre a plataforma modular MQB, aplicada nos produtos mais recentes da VW, e de lá o Polo Track chegará ao mercado brasileiro em 2023.

A tendência é que o Polo Track figure como a opção de entrada tanto na gama Polo quanto no portfólio da local da VW como um todo.

Vale lembrar que o Polo atualmente é produzido em São Bernardo do Campo (SP) e a unidade em questão deverá seguir produzindo o hatch, porém já com o facelift revelado na Europa.

O Polo atualizado ganhou não só novidades estéticas, bem como um reforço nos itens de tecnologia e assistentes de condução. A estreia por aqui deverá ocorrer ao longo do ano que vem.

O Virtus também é produzido na sede da VW aqui no Brasil, ao lado do Polo, e deverá ganhar evoluções em uma época próxima da estreia do Polo atualizado por aqui.

"O alto nível dos investimentos futuros em nossa região demonstra a grande importância do mercado latino-americano para a Volkswagen. Isso tem base em três fatores de sucesso: a excelente produtividade de nossas fábricas, alcançada com o apoio dos acordos com os sindicatos de trabalhadores, o destacado desempenho de toda a equipe e nosso intenso foco nos desejos de nossos clientes latino-americanos", declarou Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina, em comunicado da marca. 

Ainda sobre a gama VW, em um horizonte de médio prazo podemos esperar pela estreia da picape compacta-média Tarok a partir do fim de 2024 ou começo de 2025

O modelo será produzido na Argentina e vai rivalizar com a Fiat Toro e novas concorrentes, como a Ford Maverick. 

Volkswagen Polo 2022
Acima o novo Polo europeu: modelo atualizado será produzido no ABC Paulista e a estreia está prevista para 2022
Imagem: Divulgação