Exclusivo: veja como ficará o novo EcoSport

Jipinho da Ford será revelado dentro de duas semanas e promete revolucionar o segmento

Novo Ford EcoSport 2013: visual arrebatador para deixar rivais para trás | Imagem: João Kléber do Amaral

A Ford deu uma amostra do que será o novo EcoSport nesta semana ao revelar parte do modelo na internet, mas AUTOO decidiu não esperar pela apresentação oficial, que acontecerá no dia 4 de janeiro, simultaneamente no Brasil e na Índia.

Produzimos as ilustrações que vocês vêem aqui baseadas nas primeiras imagens que vazaram do veículo. O resultado não poderia ser mais promissor. O novo EcoSport, apesar da demora em chegar – a 1ª geração foi lançada em 2003 -, será um marco para o segmento de aventureiros leves, criado por ele mesmo e que hoje conta cada vez mais com rivais.

Oficial: Confira as primeiras imagens da nova geração do EcoSport

Seguindo o novo padrão estético da Ford, o Kinetic, o jipinho ganhou linhas mais emotivas e angulares, ao contrário do anterior, com seus traços retangulares inspirados no SUV Explorer da década de 1990. Também está mais musculoso e com dimensões ampliadas, tudo isso para voltar a ser a referência do segmento.

Não é só. Agora o “Eco” também passará a ser um carro mundial, responsável por aumentar as vendas da Ford em mercados emergentes, a princípio - nada impede, no entanto, que, caso seja bem sucedido, o modelo não acabe sendo comercializado em países mais ricos.

Estepe continua do lado de fora

Um dos grandes dilemas da montadora era projetar um crossover que carregasse o estepe do lado de dentro do veículo, como acontece com os modelos mais novos, ou continuar com ele preso à tampa do porta-malas. Valeu a tradição: como é um dos pontos mais característicos do modelo, o pneu permaneceu por lá, mas está mais centralizado que antes. Resta saber se a articulação da porta será lateral, como hoje, ou para cima, igual a de automóveis.

Outro aspecto original do EcoSport foi mantido, a terceira janela destacada na traseira, mas agora ela é menor e conectada ao vidro da tampa do porta-malas. Já a frente do Ford promete surpreender. Volumosa, ela será imponente, mas também trará linhas refinadas, seguindo o novo DNA da montadora. Em resumo, um projeto bem à frente da concorrência e que também deve melhorar em outras duas frentes, o acabamento e o nível de equipamentos.

Como é um projeto global, o novo EcoSport terá uma construção com materiais de melhor qualidade que o atual. E seus itens de série devem evoluir. A suspensão continuará a ser do tipo eixo de torção, mais simples, porém, a direção pode ser do tipo elétrica, mais leve e confortável.

Ford EcoSport 2013
Projeção: João Kléber do Amaral

A traseira manterá o estepe do lado de fora, mas ganhará linhas mais agressivas

Preço deve subir no Brasil

O crossover utiliza a mesma base do New Fiesta e por isso certamente herdará soluções desenvolvidas para o primeiro. Ou seja, equipamentos como freios ABS, controle de estabilidade e vários airbags de série. O sistema de entretenimento SYNC também deve ser levado para o EcoSport, além de recursos como Bluetooth e piloto automático.

Em relação aos motores, o EcoSport pode ter soluções diferentes, dependendo do mercado. Ele é cotado para receber o novo motor 1.0 Ecoboost, revelado há pouco tempo. Turbo com injeção direta, ele gera 125 cv de potência, bem mais que o motor 1.6 Zetec Rocam utilizado hoje. Mas no Brasil a lógica é que o modelo utilize o 1.6 Sigma, produzido aqui e com 115 cv utilizando etanol. Ah, sim, uma versão com tração integral e motor mais 2.0 deve continuar no portfólio.

Quem deve evoluir também é a transmissão automática. Se seguir a lógica, o novo EcoSport poderia utilizar o câmbio Powershift de seis marchas e dupla embreagem que equipa o New Fiesta nos Estados Unidos – aqui o Eco usa um câmbio de quatro marchas.

Como se vê, o novo EcoSport tem tudo para agradar o consumidor: será bem atraente, equipado e espaçoso, sem falar que rodará em várias partes do mundo, algo que faz bem ao ego do seu dono. A grande questão é quanto a Ford cobrará por ele quando chegar ao país, em meados de 2012. Com tanta evolução, certamente o jipinho se valorizará e aí pode mudar até de patamar. Atualmente, o EcoSport custa entre R$ 55 mil e R$ 65 mil, mas não será espanto se a versão de entrada partir desse teto. É o preço do sucesso.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!